Imagine que um marketplace é um país.

Seu PIB é o GMV (Gross Merchandising Value), que é o total de volume transacionado por essa economia.

Sua receita (ou arrecadação) seria o take rate, isto é, a taxa que é cobrada por cada transação.

Logo, take rate é o imposto que os marketplaces cobram para que você esteja habilitado a participar daquela economia virtual. …


Em Zero to One, Peter Thiel comenta que a sua pergunta preferida em entrevistas de emprego é:

Sobre que verdade importante pouquíssimas pessoas concordam com você?

Hoje vou contar uma tese que acredito e que a princípio enxergo que poucas pessoas visualizam essa tendência.

But first, contexto: A verdade é sobre a ascensão de um novo perfil de fundo de Venture Capital.

No mercado de VC, há basicamente dois perfis de fundos que acessam os melhores investimentos: Os fundos que lideram e os followers.

  • Os fundos que lideram têm uma maior responsabilidade estratégica e de governança. …


Um dos lemas que carrego é olhar o copo meio cheio.

Esse talvez seja o maior desafio para um investidor de Venture Capital: Como nosso trabalho envolve dizer não para 99% das oportunidades, acabamos por ter um faro apurado para encontrar falhas.

Não que seja uma habilidade dispensável, afinal faz parte da construção do pensamento crítico. Mas o faro que você precisa desenvolver para ser um grande investidor é a habilidade de encontrar o excepcional, enxergar o grande empreendedor ou a grande empreendedora, detectar o zeitgeist, intuir o futuro desse sonho, identificar a métrica que desponta.

Com a palavra Jeff…


[TL,DR: Se sua startup alcançar os 4 milestones abaixo, não faltará investidores para sua jornada]

Vamos supor que:

(i) você quer criar ou tem uma startup

(ii) você quer receber um investimento de um fundo de Venture Capital;

Se o seu projeto cumprir os requisitos listados abaixo, haverá recursos abundantes para financiar a sua jornada. Vamos ao checklist:

#1 Founder Market Fit

Founder Market Fit é sobre a profundidade da relação do founder com o mercado que ele escolheu empreender. No começo de uma startup, os founders são a personificação da empresa, do seu produto, da sua visão. …


Precursor: Economia da Paixão ❤️ (pt.1). A parte 1 contextualiza o que é a economia da paixão e quais são as premissas para que um criador consiga monetizar a sua paixão. A parte 2 explora as características fundacionais das plataformas que são o alicerce para construção dessa nova categoria.

A geração gig-economy de plataformas tem um grande ganhador: o consumidor final. Empresas como Uber, Rappi, 99, DoorDash, Craigslist, Ifood, GetNinjas trouxeram algo incrível: acessibilidade de uma forma nunca vista com a valorização do consumidor final, que pôde pagar mais barato e ter maior conveniência em serviços essenciais.

Temos muito…


“Todo trabalho é vazio a não ser que haja amor” Khalil Gibran

O ano é 1964. Você, X, é apaixonado (a) por café e sente que degustar essa bebida milenar é sua grande paixão. Suas opções para tornar essa paixão um sustento são:

  • Trabalhar para uma empresa de café como degustador (sim, existe essa profissão);
  • Empreender e abrir um coffee shop, o que além de exigir um investimento razoável, irá limitar o impacto a sua região;
  • Empreender e produzir café, o que exigirá muito capital (só sendo possível para aqueles com recursos abundantes).

Vamos para 2020. Você, Y, também é…


Latin America’s most populous country has become one of the most dynamic markets for DNVBs (Digitally Native Vertical Brands). We are witnessing the growth of companies that are revolutionizing some traditional sectors like Beauty, Food, CPGs, and Fashion.

But first, what do we mean by DNVB?

DNVBs are brands that are digitally native, sell primarily through the Internet, and own and maintain control of their supply chain from end to end. These are startups that aim to build a direct relationship with the customer instead of relying on a “middle man”. …


Photo by Markus Spiske on Unsplash

É curioso como um conceito criado há mais de 15 anos, quando o iphone nem tinha sido lançado, ainda é o mais importante para as startups early stage. Estou falando do Product Market Fit (“PMF”), que é supostamente esse “momento mágico” no qual as empresas conseguem conciliar a entrega de valor do seu produto com uma necessidade existente de uma parcela de pessoas/empresas.

Product Market Fit é um desses conceitos que são fáceis de entender, mas, na prática é muito difícil de articular o que de fato é. …


Entrar cedo no mercado de Venture Capital não é uma escolha tradicional.

Photo by Diego PH on Unsplash

O processo de recrutamento não é parecido com o que ocorre em outros mercados: Não há uma cadência de contratação nos principais fundos e é raro o Job Posting. Muitas vezes as vagas não estão abertas e, na verdade, em vários casos elas são criadas para acomodar talentos. E quando há vagas abertas, dificilmente há um processo seletivo extenso e amplamente divulgado.

O processo de evolução dentro de um fundo de VC também não é usual. Se olharmos a estruturas de fundos de Private Equity dentro do Brasil…


Photo by Vek Labs on Unsplash

No livro The Sun Also Rises de Ernest Hemingway, há uma passagem que o personagem Mike é questionado sobre como alcançou a falência. Segundo ele, foram de duas formas “Gradualmente e então, de repente”.

As evoluções tecnológicas seguem uma jornada semelhante ao vivenciado por Mike. Há avanços graduais que sedimentam a revolução até que o mundo se torna outro. Por vezes esse movimento é acelerado por agentes externos, como no caso dos impactos do novo Corona Vírus. …

Lucas Abreu

VC @astellainvest // abreu.substack.com // twitter: @abreunotes

Get the Medium app

A button that says 'Download on the App Store', and if clicked it will lead you to the iOS App store
A button that says 'Get it on, Google Play', and if clicked it will lead you to the Google Play store